fbpx

Imagine a situação: você está em uma loja e resolve pagar um produto com o seu cartão de crédito. Na hora de finalizar a compra, a surpresa: o cartão não está passando por falta de pagamento, embora as faturas estejam todas em dia.

Você já viveu algo parecido? Um consumidor passou por essa situação recentemente, mas não ficou calado.

Depois de descobrir que o seu cartão de crédito estava bloqueado por causa de uma suposta fatura pendente, o consumidor resolveu recorrer à justiça para cobrar os seus direitos e por uma prestação de serviço melhor e mais justa.

Para comprovar que o bloqueio do cartão foi realizado de forma indevida, o cliente apresentou o comprovante de pagamento da fatura, que, inclusive, havia sido efetivado antes da data do vencimento do cartão.

Ao analisar o caso, o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná entendeu que houve uma falha na prestação de serviço ao consumidor e condenou o banco ao pagamento de uma indenização por danos morais no valor de R$3.000,00.

Insatisfeito com a condenação determinada pela justiça, o banco chegou a tentar recorrer a decisão, porém, o pedido foi prontamente negado pelos desembargadores da turma recursal do TJPR e a sentença de primeiro grau foi mantida, exigindo, assim, o devido pagamento aos danos gerados ao consumidor.

E você já foi lesado por uma ação indevida do seu banco? Não perca, então, a oportunidade de conversar com um advogado especialista e obter mais informações sobre esse tipo de caso. Além de ser um direito seu receber um atendimento de qualidade, essa é a melhor forma de garantir que, no futuro, as empresas tratem os seus clientes com mais respeito e comprometimento!

1
×
Olá, tudo bem?
Converse conosco pelo WhatsApp. Clique no botão verde!